• +55 (19) 3701-3476

Encargos referente a outubro ficam no valor de R$ 4,6 bilhões.

Publicado em Monday, 08 de November de 2021
Encargos referente a outubro ficam no valor de R$ 4,6 bilhões.

Por: João Victor Bonora - Middle Office | Migratio Energia. 

 

O setor elétrico brasileiro – SEB passa durante o ano de 2021 pela maior crise hídrica do histórico de 91 anos registrados, que originou a adoção de medidas extraordinárias para se evitar um racionamento no suprimento de energia elétrica e a preservação dos reservatórios hidrelétricos, como a instituição da Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética – CREG, liderada pelo ministro de Minas e Energia Bento Albuquerque, que promoveu em prol da segurança energética ações como a portaria para ofertas de Geração Térmica Adicional e o programa de Redução Voluntária da Demanda.

Para arcar com a elevação dos custos, a CREG instituiu a nova bandeira tarifária “escassez hídrica” para o mercado cativo de energia, com um custo de R$ 14,20 a cada 100 kWh consumido. Já no mercado livre a cobrança pelo custo adicional se dá pelos Encargos de Serviços do Sistema – ESS, que são rateados por todos os clientes livres com base em seu consumo.

A partir disso, o valor financeiro a ser aportado pelos clientes livres em solicitação da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE estão bastante elevados, com um custo de $ 4,6 bilhões para outubro, segundo a CCEE. Por outro lado, devido ao alto valor do Preço de Liquidação das Diferenças – PLD nos últimos meses, a Conta de Energia de Reserva – Coner conseguiu arrecadar montante maior que o necessário, com um repasse de excedente financeiro estimado em R$ 1,1 bilhão, que será abatido do valor dos encargos a serem aportados.

De acordo com a CCEE, do valor estimado para os encargos de outubro, R$ 4,5 bilhões serão referentes a segurança energética (97,8%).

Além desses custos, também tivemos incorporado os valores referente a Geração Térmica Adicional – GTA, cum custo adicional de R$ 458.161.238,74, que representa 9,74 R$/MWh, e da Redução Voluntária da Demanda - RVD foi de R$ 7.420.862,66, representando um custo médio na ordem 0,15 R$/MWh.

Assim, o valor final ficou em cerca de R$ 4 bilhões.

Pesquisar

Veja Também
  1. Informativo Semanal 119.
    Thursday, 13 de January de 2022
  2. ABGD espera aumento em torno de 100% na capacidade instalada de Geração Distribuída em 2022.
    Thursday, 13 de January de 2022
  3. IPCA fecha 2021 com alta de 10,06%.
    Wednesday, 12 de January de 2022
  4. Informativo Semanal 118.
    Tuesday, 28 de December de 2021
  5. Informativo Semanal 117.
    Thursday, 23 de December de 2021
  6. Marco legal da Geração Distribuída caminha para sanção presidencial.
    Wednesday, 22 de December de 2021
  7. Informativo Semanal 115.
    Wednesday, 22 de December de 2021
  8. Aneel abre consulta pública para orçamento de R$ 30,7 bilhões da CDE para 2022.
    Wednesday, 15 de December de 2021
  9. Aneel define valor para o PLD em 2022.
    Wednesday, 15 de December de 2021

CONTATOS

  • Icone 01
    Rua Senador Vergueiro, 995 I CJ 23 a 26
    2° andar, Centro - Limeira - SP
    CEP: 13480-001
  • Icone 02
    Atendimento
    Segunda à Sexta das 8h às 18h
  • Icone 03
    migratio.front@migratio.com.br
    +55 19 3701.3476
Fale com nossa equipe
Quero conhecer as soluções da Migratio
Fale com nossa equipe
Quero conhecer os produtos